“Quem serei eu na História da Paixão?” abra-se a Semana Santa

Abrindo a Semana Santa do Ano do Senhor de 2022, na capela da sede da Comunidade de São Pio X, a Celebração Eucarística com a Benção dos Ramos e da Paixão do Senhor iniciou como de costume às 18h.

Conforme as previsões litúrgicas, a celebração teve início na frente da sede da Comunidade de São Pio X o onde correu a Benção dos Ramos e a proclamação do Evangelho, em uma breve homilia inicial, o Padre Luciano Guedes, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, destacou que “este Domingo tem uma dupla realidade: entrar com Jesus na cidade santa com palmas e palmeiras; e meditar a Sua entrega. Portanto com este sentimento de piedade, iniciemos a Grande Semana.”, exortou o presidente.

Logo em seguida se deu a procissão ao som do “Hosana”, quando todos os fiéis entraram na Capela de São Pio X. Prosseguindo a Celebração, após a proclamação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, o presidente da celebração iniciou sua homilia com a frase de São Bernardo: “Como eram diferentes umas vozes e outras! Fora, fora, crucifica-o e bendito o que vem em nome do Senhor, Hosana nas alturas! Como são diferentes as vozes que agora o aclamam Rei de Israel e dentro de poucos dias dirão: Não temos outro rei além de César! Como são diferentes…”. O Pároco destacou que diante do mistério profundo da liberdade do homem, não devemos nos surpreender com qualquer realidade que emerge da humanidade. “Somos capazes de dar a vida e de ignorá-la. A Semana Santa vem revelar a realidade do homem e de Deus.

Continuou questionando a assembleia: “Quem serei eu na história da Paixão: o Cirineu? Que ajuda Jesus a carregar a cruz, ajudando o irmão nas suas infinitas necessidades e tribulações? Ou “as mulheres” que Jesus mandou que chorassem pelas próprias dores? Serei Nossa Senhora? Que ao pé da Cruz diante de todos os acontecimentos faz silêncio e medita os acontecimentos. Ou “Pedro”, negando… ou “Judas”, traindo…” Por fim, disse que “meditar a Paixão de Jesus é expressar tudo o que o homem é na sua intimidade, permitindo que Deus salve a nossa miserável condição.”

Seguindo o rito como de costume, ao final da celebração, a assembleia foi convidada a vivenciar plenamente a Semana Santa em comunhão com a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, onde está sediada a Comunidade de São Pio X, e no próximo domingo (17/10) na Solenidade na Páscoa de Nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Redação do NAMIS

Anterior
Próximo

Seus dados foram enviados com sucesso!

É uma grande alegria em tê-lo(a) conosco nesta obra de evangelização.

Seja muito bem vindo(a) à Comunidade de São Pio X.

Duvidas, fale conosco pelo e-mail voluntarios@piox.org.br ou no tel.: (83) 3341-7017

Olá, irmã(o). Em que posso lhe ajudar?