O Senhor quer que mergulhemos na graça da efusão do Espírito Santo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Ser instrumento do Espírito Santo não é resultado da nossa perfeição ou da nossa santidade, isso não é possível somente com o nosso esforço, pelo contrário, nosso caminho de santificação e perfeição passa, necessariamente, pela efusão do Espírito Santo. Certamente podemos colaborar, cooperar, deixar-nos trabalhar pelo Senhor, mas é Ele quem tudo faz.

Tudo começa pela efusão do Espírito. Nossa conversão verdadeira acontece quando somos recriados no Espírito Santo. A partir daí, tomamos gosto pela oração, pela escuta da Palavra de Deus e começamos a participar verdadeiramente da missa, dos sacramentos, a trabalhar na Igreja e assim cooperamos com o Senhor.

Entretanto, não podemos  privar os outros da graça que recebemos gratuitamente. “Quem crer em mim, do seu seio, do seu interior, jorrarão rios de água viva”. E isso, meus irmãos, é o suficiente.

Você quer ou não ser transformado pelo Espírito Santo?

Não sei o grau de sua aridez, das suas dificuldades espirituais mas é certo que chegou a hora, assim como lenços mergulhados na água e colocados em nossas frontes para aliviar a brasa, o Senhor quer que mergulhemos na graça da efusão do Espírito Santo, 

Vamos dizer agora ao Senhor:

– Senhor Jesus, quero receber a efusão do Espírito Santo.  

 Deus o abençoe!

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Open chat
Olá, irmã(o). Em que posso lhe ajudar?