O Espírito da Promessa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A PROMESSA DO PAI … O Espírito Santo

No Antigo Testamento o Espírito Santo falava e agia através de algumas poucas pessoas escolhidas por Deus: eram os Profetas. Eles não eram uma pessoa que advinha o futuro, mas é aquele que ouve a voz de Deus e transmite ao povo; denuncia o que está errado e mostra a vontade de Deus.

Joel (2, 28) profetizou que o Espírito Santo seria derramado sobre os filhos de Israel. Joel 3, 1-2: outra Promessa: O derramamento do Espírito sobre todos, e não somente sobre alguns poucos escolhidos. Promessa esta que se cumpre no Novo Testamento em Pentecostes. “Depois disso, derramarei o meu Espírito sobre todos os viventes, e os filhos e filhas de vocês se tornarão profetas; entre vocês, os velhos terão sonhos e os jovens terão visões! Nesses dias, até sobre os escravos e escravas derramarei o meu Espírito!”

A PROMESSA É PARA VOCÊ

Em João 14,16-17, Jesus promete aos seus apóstolos enviar o Espírito Santo, o Paráclito, para ficar conosco para sempre. Essa Promessa se cumpre na experiência do Pentecostes e é oferecida também a cada um de nós hoje. Em Atos dos Apóstolos 2, 1-4, 50 dias depois da Páscoa, Deus envia seu Espírito: Quando chegou o dia de Pentecostes, todos eles estavam reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho como o sopro de um forte vendaval, e encheu a casa onde eles se encontravam. Apareceram então umas como línguas de fogo, que se espalharam e foram pousar sobre cada um deles. TODOS ficaram repletos do Espírito Santo, e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem. “A Promessa se cumpre”. Agora, sabendo isso, nos perguntamos novamente: QUEM É O ESPÍRITO SANTO? O Espírito Santo é Aquele que nos santifica; que vem em nosso socorro, em socorro das nossas fraquezas. Vem nos modelando, moldando a Jesus Cristo, à medida que apresentamos a Ele as áreas da nossa vida em que precisamos ser moldados a Cristo. Para isso eu preciso ter um sentimento sincero de querer ser nos moldes de Jesus; um sentimento de nos acharmos necessitados da ação do Espírito Santo. Aí sim o Espírito Santo poderá agir em nós. Aos poucos vai colocando em nós o gosto, o interesse pelas coisas D´Ele: oração diária, leitura da Palavra, vivência dos Sacramentos, da Santa Missa. Vamos deixando de viver as coisas que não são D´Ele e vamos nos aproximando D´Ele. Aquilo que não é de Deus não nos traz mais satisfação, perdem a graça, passam a nos incomodar. Os Apóstolos não receberam o Espírito Santo porque se tornaram fervorosos, ao contrário, se tornaram fervorosos porque receberam o Espírito Santo. Temos que desejar e tomar posse!

O ESPÍRITO SANTO INTERCEDE POR NÓS

O Espírito Santo assiste os cristãos em momentos de fraqueza, intercedendo segundo a vontade de Deus por eles, pois não sabem orar como convém.

O ESPÍRITO SANTO NOS SANTIFICA

Uma das funções mais predominantes do Espírito é a de promover o nosso crescimento espiritual.

O ESPÍRITO SANTO NOS FAZ PRODUZIR FRUTOS ESPIRITUAIS

Os cristãos devem dar fruto espiritual como: “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio”; para mostrar que eles são verdadeiros cristãos.

O ESPÍRITO SANTO DÁ VÁRIOS DONS ESPIRITUAIS

O Espírito Santo concede diversos dons, para diversos serviços e diversas realizações “visando a um fim proveitoso”, ou seja, o aperfeiçoamento do cristão para serviço e a edificação da Igreja.

O Espírito Santo desempenha diversos papéis vitais no plano de salvação. Ele dá testemunho do Pai e do Filho (I Cor 12, 3).

O Espírito Santo também revela a verdade de todas as coisas (Jo 14, 26).

Santifica os que se arrependem e são batizados (Jo 3, 5).

Esperemos com grande alegria o derramamento do Espírito, neste Domingo de Pentecostes.

Open chat
Olá, irmã(o). Em que posso lhe ajudar?