Novos membros são admitidos na Comunidade de São Pio X

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Na ultima terça-feira (26), memória litúrgica de Santa Ana e São Joaquim, pais da Virgem Santíssima, novos membros associados são admitidos na Comunidade de São Pio X durante Solene Celebração Eucarística onde os novos membros associados realizaram publicamente o compromisso canônico conforme Estatuto Geral da associação privada de fieis de direito diocesano “Fraternidade Viver em Cristo”. A celebração foi presidida pelo Padre Weslley Rangel Brasileiro dos Santos, Assessor Eclesiástico para as Novas Comunidade da Diocese de Campina Grande.

A celebração teve início como de costume, quando após a proclamação do Evangelho aconteceu o rito de compromisso canônico dos novos membros da Comunidade de São Pio X (Associação Privada de Fiéis de direito diocesano, Fraternidade Viver em Cristo). Este rito é composto pelos momentos da apresentação dos candidatos, homilia, o dialogo, a oração de compromisso e a acolhida dos membros. Para este momento foi exortado, que, em plena comunhão com a Igreja, guardando o silêncio e preservando o ambiente favorável a oração iniciassem a apresentação dos candidatos aprovados. Adele Vanilla Teberges da Silva; Débora Kelly Beserra Pereira; Elisangela Brito da Silva; Franklin do Nascimento França; Gabriel Marques de Lima Souza; Geruza Martins Cavalcante; Gilson Silva Martins; Gláucia Luciana Oliveira Lira; Kamila Kelly dos Santos; Karla Vanessa Amorim; Régia Suelena Bandeira de Souza; Simone Rodrigues de Sousa Santos; Solange Cândida dos Santos; Valéria Araújo de Lucena.

Em sua homilia, o Padre Weslley exortou os fieis, e de modo particular aos novos membros associados, “saibamos ser sal e luz para transformar este mundo, a nossa realidade, e a vocês que dão um sim, dizendo ‘eis me aqui’, se coloque sempre a serviço da palavra de Deus, aos ensinamentos. Não olhem para outro lado, para nenhum lado, a não ser o evangelho, a não ser a palavra de Deus”, disse ele.

Após a Homilia, seguida do Diálogo, onde os novos membros associados realizaram as promessas para a vivência da vocação na vida comunitária da Comunidade de São Pio X, neste momento o Moderador Geral, Gustavo Lucena, acolheu os novos membros associados.

Depois da oração pós comunhão o comentarista narrou a experiência pessoal do fundador da Comunidade de São Pio X, Antonio Lucena. Em seguida, o Padre abençoou solenemente as medalhas e impôs em cada eleito como insígnia de pertença e sinal de membro desta Comunidade.

Por fim, Gustavo Lucena falou aos novos membros associados, “a vida fraterna e a vida comunitária, não nos reúne apenas para servir. Nós vivemos em comunidade para nos santificar. De nada adianta realizarmos maravilhosos eventos, juntarmos milhares de pessoas, se nós não vivermos a santidade. Então meus irmãos, acolher a vocês hoje, o sinal de que nós continuamos dando frutos e queremos que esses frutos, que vocês sejam como padre bem disse em sua homilia, bons frutos”. O moderador ainda exortou: “Se vocês não forem sinais de transformação, sal e luz para casa de vocês, de nada adiantou todo esse processo de formação, tudo isso que vocês viveram. A vida comunitária ela é exigente e atual, e vocês se identificaram com esse modo de vida, porque é assim que nós temos que ser, é na nossa luta diária, é lutando bravamente, prosseguindo. A insígnia que vocês receberam hoje, no lugar da cruz é colocado uma espada, essa espada do nosso brasão ela é para que vocês possam lutar, cortar em primeiro lugar, as amarras com passado, e lutar bravamente pela santidade nos dias de hoje”. Concluiu agradecendo ao Padre Weslley pela constante presença e por presidir esta celebração, e transmitiu ao Bispo, através da pessoa do sacerdote, a nossa renovada confiança, disposição em servir e contribuir com a nossa Diocese. Em seguida o Padre proferiu a benção final.

Ouvido por nossa equipe, o Formador Geral da Comunidade de São Pio X, Romero Frazão, relatou que “o sentimento é de uma profunda gratidão a Deus pelo dom da vida de cada um daqueles que se decidiram pelo Senhor, pela identificação e adesão ao carisma Viver em Cristo. Foram pelo menos três anos de preparação, formação e discernimento sobre este jeito de ser comunidade, entendendo que também se trata de uma vocação, um chamado a servir a Deus, com um jeito particular de ser Igreja, no seio de uma comunidade de irmãos, assumindo para si um entendimento de pertença a esta Fraternidade. Então, é um processo de maturação, de conhecimento de si mesmo e do real sentido da vida comunitária, até o momento em que, tendo amadurecido este chamado, livremente eu digo sim a Ele e assumo um compromisso canônico, público perante a Assembleia de fiéis”. Romero ainda explicou os passos para se tornar um membro associado da Comunidade de São Pio X, “Para tanto, para ingressar, de fato, como membro da Comunidade de São Pio X, há um caminho formativo a ser percorrido, a partir da fase Vocacional, seguida de um postulantado e um discipulado. Sabemos que dentro das dimensões da vida comunitária existe a fraternidade, o serviço e toda a espiritualidade com a qual nos identificamos, mas também existe um desejo interior, particular que brota do coração e que te faz buscar viver assim. Você se sente atraído por esse jeito de ser e de viver. Essa misteriosa atração pelo Carisma Viver em Cristo e o desejo de restaurar homens e mulheres para esta finalidade. Então é uma grande graça de Deus perceber dentro de si este chamado e já iniciar conosco esta caminhada Vocacional”, finalizou.

Para Elisangela Brito, agora novo membro associada da Comunidade de São Pio X, afirmou que “o processo de formação (postulantado e discipulado) contribuiu quase os 100% na minha caminhada, ela dá sentido a tudo, e ainda me formou, como cristã católica, como pessoa e como mulher.” Ela nos falou do sentimento em torna-se membro desta comunidade de irmãos, “o que eu sinto em meu coração não saberei explicar em palavras, é uma felicidade sem tamanho, um amor tão grande ‘que dói’. A cada batida do meu coração, eu tenho mais certeza da minha vocação e que eu nasci pra Viver em Cristo. E eu desejo tanto que as pessoas possam sentir pelo menos um pouquinho do que eu estou sentindo, o amor e certeza do céu”, declarou.

Você se identifica com nosso carisma “Viver em Cristo”? Fale conosco, e saiba como iniciar sua caminhada na Comunidade de São Pio X, clique aqui!

 

+Fotos

 

Redação do NAMIS

Anterior
Próximo

Seus dados foram enviados com sucesso!

É uma grande alegria em tê-lo(a) conosco nesta obra de evangelização.

Seja muito bem vindo(a) à Comunidade de São Pio X.

Duvidas, fale conosco pelo e-mail voluntarios@piox.org.br ou no tel.: (83) 3341-7017

Olá, irmã(o). Em que posso lhe ajudar?