Inicio das celebrações dos 30 anos da Comunidade de São Pio X

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Com Santa Missa presidida por Dom Bernadino Marchió, Bispo Emérito de Caruaru e Referencial no Regional Nordeste 2 para as Novas Comunidades, teve inicio na noite desta quarta-feira (06) as celebrações pelos 30 anos de fundação da Comunidade de São Pio X. A Celebração Eucarística contou ainda com a assistência litúrgica do Diácono José Anchieta Nascimento Araújo da Paróquia de Santo Antônio da Diocese de Campina Grande.

Em sua homilia Dom Bernadino fez uma alusão da Comunidade a história de Jonas citada na liturgia, “eu ouvindo a Palavra, ouvindo aquela história de Jonas, eu percebi que a história de Jonas é a história da Comunidade, Deus chamou 30 anos atrás Antonio Lucena para começar uma Nova Comunidade, uma nova experiência religiosa, e muita gente aderiu a está proposta. E graças aqueles que perseveraram pela misericórdia de Deus, a Comunidade continua viva, dando seu testemunho na Igreja, na sociedade, na educação”, disse ele.

A celebração transcorreu conforme o rito. Em seguida da oração pós comunhão e antes da benção final, Dom Bernadino concedeu a palavra a Gustavo Lucena, Moderador Geral da Comunidade de São Pio X, que acolheu a todos os presentes e os que acompanhavam pela transmissão, agradecendo e preparando para a palestra e mesa redonda após a Santa Missa, “hoje se inicia esse tempo festivo para nós, aonde chegamos amanhã no dia da nossa fundação, mas acolhemos a cada um, a cada um daqueles que estão aqui, com o nosso coração grato, grato a Deus, como nós conversamos mais cedo Dom Dino, esse lugar ele sempre foi e sempre será uma referência para família carismática, desde o início da década de 80 quando se iniciou o primeiro grupo de oração década atrás da nossa fundação nós sempre fomos portas abertas como nos pediram Dom Manuel, e é isso que nós queremos continuar sendo nos próximos anos que assim a providência nos permite, portas abertas para que a graça de Deus possa acontecer e assim seguirmos fiéis aquilo que nós somos chamados. Então sejam todos muito bem-vindos, sintam-se em casa, sejam todos acolhidos para que nós possamos celebrar com toda alegria do nosso coração os nossos 30 anos de fundação, louvado seja nosso senhor Jesus Cristo”, concluiu.

Palestra e Mesa Redonda

Dando continuidade a programação desta primeira noite de celebrações dos 30 anos da Comunidade de São Pio X, e conjuntamente com as atividades da comissão Regional NE2 para as Novas Comunidades aconteceu palestra e mesa redonda, que teve como tema “Família Carismática: a unidade das diversas expressões da Corrente de Graça”. Este momento foi presidido por Dom Bernadino, que é Bispo referencial para as Novas Comunidades do Regional NE2, e teve a participação de membros da comissão nacional e regionais, entre eles, Zezé, Alessandra e Arley. Participaram ainda de forma presencial representantes das Novas Comunidades da Diocese de Campina Grande, e de forma virtual tivemos a interação de diversos membros de Novas Comunidades de todo o Regional.

A palestra ficou por conta de Ítalo Fasanella, Coordenador da Comissão Nacional de Acompanhamento para as Novas Comunidades do Serviço Brasileiro de Comunhão do CHARIS, a palestra teve inicio com a apresentação de sua história e da Comunidade Sagrada Família da qual é fundador e em seguida o palestrante abordou um texto Bíblico como referencia de sua palestra, “Diante de toda a realidade que nós estamos vivendo, aquilo que o Gustavo também me passou, algumas moções e rezando por esta noite, Deus me dava a palavra de Ap 2, 2-5, e até coloquei como tema dessa minha fala: “Novas Comunidades Voltai ao Primeiro Amor. Essa Palavra pode ser a nossa história, quantas e quantas vezes Deus precisa nos dar, como a gente costuma dizer no popular, uma injeção de ânimo, porque a gente desanima, porque a gente pensa em desistir, porque às vezes a cruz pesa, as provações, enfim o pecado pesa também nas nossas costas, e veja como que Deus fala através dessa palavra. E aí o Senhor nos convida a um arrependimento, lembra-te de onde caíste ou seja aonde você esfriou o seu primeiro amor, arrependi-te e retorna as tuas primeiras obras. E o que essa pandemia fez com a gente […] nós fugimos, nós esfriamos, aquele amor que nós declaramos a Deus nos nossos louvores, na hora que a morte bateu a nossa porta nós ficamos com medo de morrer, e Deus então nos dá oportunidade nessa noite, retorna as suas primeiras obras, porque senão Eu virei a ti e removerei o teu candelabro do seu lugar caso não se arrependa. Deus dos cumulou de dons, Deus nos cumulou de carismas, e se nós não correspondemos a isso, Deus remove este Candelabro. Quero que estejam preparados povo meu, para conhecer apenas a Mim e para Ter-me de modo mais profundo do que nunca, ter somente o Senhor”, abordou o coordenador.

Por fim o Padre Weslley Rangel Brasileiro do Santos, Assessor Eclesiástico para as Novas Comunidades da Diocese de Campina Grande que também esteve presente usou a fala, “agradecer a Deus pelos 30 anos da Comunidade de São Pio X, […] reconhecer todo o trabalho, toda importância que a Comunidade de São Pio X tem fomentado ao longo desses 30 anos na Igreja Campinense, na Diocese de Campina Grande. […] Que o Espírito Santo continue usando, impulsionado os discípulos de Jesus”, finalizou.

A programação continua nesta quinta-feira (7), com Solene Concelebração Eucarística presidida pelo nosso Bispo Diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos.

Confira o vídeo da transmissão deste primeiro dia em nosso canal do YouTube clicando aqui.

 

Fotos: Leonardo Silva

Redação do NAMIS

Anterior
Próximo
Open chat
Olá, irmã(o). Em que posso lhe ajudar?